Em Feijó: Representante Da Juventude Petista Abandona o Barco.

Com informações Por Mário Célio em 19 de agosto de 2017

A insatisfação com a alta cúpula do partido dos trabalhadores interferiu na saída do jovem Fabrício Moura, do comando da juventude no município de Feijó e ao deixar definitivamente as hostes petistas

As declarações ao site de notícia, Feijó24horas apontam, que os erros cometidos por ele, foram as consequências do fanatismo pela sigla partidária, coisa que não o fará jamais. Principalmente por entender, que a maioria dos políticos usam as pessoas por meios indesejáveis para tornarem seus verdadeiros para-choques.

Fabrício Moura era um fiel e escudeiro da JPT a doze anos, onde mantinha um trabalho voltado para militância jovem com muita dedicação. Nas campanhas políticas, Fabrício Moura e sua equipe comandavam as primeiras ações diante do palco tornando os comícios com maior brilhantismo.

O jovem disse a nossa reportagem, que além da falta de apoio que não recebia do partido, um outro motivo foi decisivo para deixar o comando da juventude do PT. Ele fez questão de tornar público, de ter aceitado Jesus Cristo, com o único e suficiente Salvador. Ele afirma que agora sabe, os motivos que as pessoas levavam a taxa-los de inconsequente. Digo a todos que me perdoe, finalizou.

Comentários

O Portal De Frente Com a Notícia informa aos seus leitores que não se responsabiliza pelas consequências jurídicas sobre as opiniões divulgadas nos campos de comentários, e que as postagens de conteúdo ofensivos serão excluídos da página.