Tribunal de Contas do Estado do Acre Realiza III Encontro Técnico na Regional Alto Acre

Com informações 3 de julho noticias em 11 de outubro de 2017

O encontro tem como objetivo capacitar e aprimorar o trabalho feito no monitoramento das prestações de contas.
Durante os dias 10 e 11 está sendo realizado em Epitaciolândia, o “III Encontro Técnico 2017, TCE e os Municípios”, promovido pelo Tribunal de Contas do Estado do Acre, conduzido pelo Presidente do TCE do Acre, Conselheiro Valmir Ribeiro.
O público alvo são os gestores e equipes dos municípios de Assis Brasil, Brasiléia, Epitaciolândia e Xapuri, que corresponde a Regional do Alto Acre, além de representantes do Ministério Público, SEBRAE, dentre outros.
Dentre os temas discutidos destacam-se: Improbidade administrativa, transparência pública municipal, recursos administrativos junto ao Tribunal de Contas, prestação de contas, ouvidorias públicas e controle interno nos municípios.
Para a Prefeita Fernanda Hassem esse é um seminário de grande importância.
“É um momento muito importante para as prefeituras, câmaras de vereadores, instituições, que precisam ter transparência e precisam trabalhar de acordo com a lei e o Tribunal de Contas vem até os municípios.
São dois dias que servirá de aprendizagem, nos orientando a caminhar de acordo com o que a legislação estabelece.
Essa é a terceira vez que participo de capacitações promovidas pelo Tribunal de Contas e só tenho a agradecer por todas as orientações que são de fundamental importância para os gestores públicos”, disse Fernanda Hassem.
O Presidente do TCE do Acre, Conselheiro Valmir Ribeiro, destacou o papel do Tribunal de Contas como órgão orientador e fiscalizador da gestão pública.
“”É um dever do Tribunal de Contas oferecendo os serviços que são cobrados para depois fazer a fiscalização.
Somos um órgão mais orientador que fiscalizador.
Viemos até os municípios, onde os gestores terão a oportunidade de entender o que o Tribunal de Contas determina que seja feito em relação à gestão pública.
Nesse encontro todo mundo ganha, o Tribunal de Contas e os nossos gestores, a sociedade e o Estado como um todo, pois o dinheiro público será melhor empregado, de forma participativa e é por isso que estamos aqui”, destacou o Presidente

Comentários

O Portal De Frente Com a Notícia informa aos seus leitores que não se responsabiliza pelas consequências jurídicas sobre as opiniões divulgadas nos campos de comentários, e que as postagens de conteúdo ofensivos serão excluídos da página.